Clipping

Variedades de cana transgênicas CTC se aproximam cada vez mais da supercana

Postado em 24 de Outubro de 2019

A primeira variedade a ser lançada tem como característica a resistência à broca, já os novos materiais apresentam resistência a herbicidas e doenças, aumento de açúcar e eficiência fotossintética

A biotecnologia é a nova fronteira da inovação. Esse foi o principal recado do Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), que abriu os trabalhos do painel que reuniu os principais institutos de melhoramento genético do Brasil, durante o 13º Grande Encontro Sobre Variedade de Cana, realizado pelo Grupo IDEA nos dias 16 e 17 de outubro em Ribeirão Preto, SP.

O gerente de pesquisa e desenvolvimento da companhia, Diego Ferres, explicou que o melhoramento genético e a biotecnologia deverão aumentar substancialmente a produtividade da cana-de-açúcar nos próximos anos. A expectativa é de um incremento de 40 ton/ha apenas na próxima década. No entanto, ele afirmou que um dos desafios será acelerar a introdução desses novos materiais permitindo a captura total dos benefícios agregados.

Ferres relatou que a companhia optou por iniciar as pesquisas com variedades geneticamente modificadas de cana-de-açúcar buscando apenas a característica de resistência à broca-da-cana, a principal praga que afeta os canaviais do país, com prejuízos que chegam a R$ 5 bilhões por ano. "Com o lançamento da CTC20BT e da CTC9001BT, estamos focando agora em outros atributos, como resistência à herbicidas (glifosato) e doenças, aumento de açúcar e eficiência fotossintética." Ao final de sua apresentação, o profissional relatou que, nos próximos anos, mais oito materiais geneticamente modificados devem ser lançados pelo CTC.

Além das variedades BT, a companhia apresentou também seus novos materiais de alto desempenho que devem chegar ao mercado nacional nos próximos meses. A CTC9006 (CT022278) foi selecionada e desenvolvida exclusivamente em ambientes restritivos na região de Araçatuba/SP, de maturação média e com elevada sanidade e alta produção agrícola. Já a CTC9007 (CT049005), selecionada em Goiás, possui alto teor de sacarose e apresenta alta produtividade ao longo da safra.

 


Fonte: CanaOnline