Clipping

Venda de máquinas agrícolas cai 10,2% em setembro, diz Anfavea

As vendas internas dos fabricantes de máquinas agrícolas e de construção somaram 4,4 mil unidades em setembro, queda de 10,2% na comparação com igual período do ano passado. Frente a agosto, houve alta de 7,7% nas entregas do setor, conforme informou nesta quinta-feira, 5, a Anfavea, entidade que representa as montadoras instaladas no País. No acumulado dos nove primeiros meses do ano, as vendas cresceram 8,5%, com um total de 33,6 mil máquinas comercializadas entre janeiro e setembro.

Entre tratores, cultivadores, colheitadeiras e retroescavadeiras, a produção, também de 4,4 mil unidades, caiu 14,2% na comparação com setembro do ano passado. Frente a agosto, o volume produzido pelo setor registrou queda de 13,5%. De janeiro a setembro, 44 mil máquinas foram produzidas no Brasil, 20,3% acima do total fabricado nos nove primeiros meses de 2016.

As exportações de máquinas agrícolas e rodoviárias somaram 1,4 mil unidades no mês passado, 43,8% acima do número de um ano atrás. Na comparação com agosto, os embarques subiram 15%. O resultado levou para 9,9 mil unidades o total de máquinas agrícolas e de construção exportado nos nove primeiros meses do ano, o que representa uma alta de 39,4%.

Em valores, as exportações no setor somaram US$ 314,9 milhões em setembro, o dobro do montante de igual mês de 2016 (US$ 157,5 milhões) e praticamente no mesmo nível, queda de 0,3%, em relação a agosto. Nos nove primeiros meses, o faturamento do setor com exportações alcançou US$ 2,1 bilhões, com crescimento de 53%.


Fonte: Estadão Conteúdo