Artigos

Mercado de açúcar: no marasmo habitual, os fundos deitam e rolam - Por Arnaldo Luiz Corrêa

Postado em 1 de Junho de 2015

O mercado de açúcar em NY atingiu nesta semana a menor cotação dos últimos cinco anos. O contrato com vencimento julho/2015 negociou a 11,83 centavos de dólar por libra peso, o nível mais baixo desde 15 de janeiro de 2009 quando atingiu 11,52 centavos de dólar por libra peso. ...

Leia Mais

Conteúdo local, mais um fiasco – Editorial O Estado de S.Paulo

Postado em 27 de Maio de 2015

O Brasil, uma das economias mais fechadas do mundo, aparece em terceiro lugar, depois de Estados Unidos e Indonésia, numa lista de países com exigência de conteúdo local, uma barreira associada, frequentemente, a políticas industriais. A informação pode parecer surpreendente, ...

Leia Mais

Fôlego extra para o agronegócio brasileiro - Por Alexandre Figliolino

Postado em 27 de Maio de 2015

O que podemos esperar do agronegócio brasileiro diante de perspectivas desafiadoras no cenário econômico de nosso país para este ano? Para surpresa de muitos, temos alguns sinais favoráveis ao setor de agronegócio, um dos mais dinâmicos e competitivos da economia brasileira.Al...

Leia Mais

A música continua a mesma - Por Arnaldo Luiz Corrêa

Postado em 25 de Maio de 2015

O mercado de açúcar em NY fechou a semana em queda de 58 pontos no vencimento julho/2015, que encerrou o pregão a 12.31 centavos de dólar por libra-peso, a menor cotação desde o início de abril. E os fundos, que erraram a mão na semana passada mantendo uma posição comprada, já...

Leia Mais

Dilma, a Petrobrás e o Titicaca – Editorial O Estado de S.Paulo

Postado em 18 de Maio de 2015

Em mais um discurso cheio de som e fúria, a presidente Dilma Rousseff prometeu manter dois erros muito custosos da política do petróleo - a exigência de conteúdo nacional nos insumos e equipamentos e a participação da Petrobrás em todas as concessões. Os fãs da presidente pode...

Leia Mais

Açúcar não muda tom baixista, mas fundos compram - Por Arnaldo Luiz Corrêa

Postado em 18 de Maio de 2015

O mercado futuro de açúcar em NY fechou a semana com uma baixa de 53 pontos em relação à semana anterior, com o vencimento julho/2015 cotado na sexta-feira a 12,89 centavos de dólar por libra-peso (queda de quase 12 dólares por tonelada). Todos os meses de vencimento até março...

Leia Mais

"Agricultura atual não é sustentável" - Por José Graziano da Silva

Postado em 15 de Maio de 2015

"Cultivar e preservar". Esse terá de ser o modelo da agricultura nos próximos anos, o que exigirá uma mudança profunda nos modelos de produção. A afirmação é do brasileiro José Graziano da Silva, diretor-geral da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura...

Leia Mais

Dúvidas no início da safra - Por Arnaldo Jardim

Postado em 15 de Maio de 2015

O governo federal precisa jogar aberto com o setor sucroenergético Há uma dose contida de otimismo com o início da safra 2015/2016 de cana-de-açúcar no Centro-Sul do país. Aberta oficialmente em primeiro de abril com o início da moagem da cana já havia atividade nas menores u...

Leia Mais

75 dias que prometem muito – Por Arnaldo Luiz Corrêa Cana

Postado em 11 de Maio de 2015

Há algum tempo atrás comentamos aqui sobre o quão atrativo estavam os spreads de NY. Dissemos que não entendíamos como o desconto entre dois meses de vencimento, no caso o maio/2015 em relação ao outubro/2015, que em determinado ponto chegou a 17% ao ano equivalente, não atraí...

Leia Mais

Um novo aumento da gasolina – Por Vinicius Torres Freire

Postado em 11 de Maio de 2015

Alta do petróleo pode levar a Petrobras a perder dinheiro, em breve, se não houver reajuste doméstico. A Petrobras vendeu gasolina e diesel a um preço 20% maior que o do mercado internacional entre novembro e fins de abril. Trata-se da diferença média de preço nesses meses, ...

Leia Mais

Azeitar a máquina - Editorial Folha de S. Paulo

Postado em 6 de Maio de 2015

Aos poucos, mas nem tão lentamente, vai sendo desmontada a política econômica de cunho intervencionista que emergiu na gestão petista depois da crise financeira global de 2008. Primeiro vieram as mudanças notáveis na administração das contas públicas e na política monetária, ...

Leia Mais

Flexibilização no pré-sal - Celso MIng

Postado em 5 de Maio de 2015

Aos poucos vai crescendo a percepção de que vai ser preciso mudar alguma coisa no marco regulatório do petróleo Aos poucos vai crescendo a percepção de que vai ser preciso mudar alguma coisa no marco regulatório do petróleo. O primeiro a avançar nessa direção foi o ministro ...

Leia Mais